Notícias

Maria Teresinha de Jesus
Maria Teresinha de Jesus

Da Cidade de Deus para o mundo, Maria Teresinha de Jesus deixa um legado de trabalho numa sociedade com grandes desafios

quinta-feira, 30. Março 2017

Da Cidade de Deus para o mundo, Maria Teresinha de Jesus deixa um legado de trabalho numa sociedade com grandes desafíos

Maria Teresinha de Jesus, membro do IdeM Brasil e incansável líder Comunitária na Cidade de Deus – Rio de Janeiro, dedicou sua vida ao serviço dos mais necessitados. Faleceu no dia 20 de Março de 2017, depois de três meses sofrendo complicações de saúde.

Maria Teresinha de Jesus Nascida em 1938 na cidade de São Jose de Botelhos, MG, Teresinha veio para o Rio de Janeiro e passou a maior parte de sua vida na Cidade de Deus, junto de seu marido e 4 filhos. Em 1977, já separada, passou dificuldades e chegou a desanimar, mas sendo católica praticante, procurou ajuda com o Pároco da Comunidade, Padre Júlio, onde se envolveu nas atividades sociais da Igreja.

Além de várias atividades pastorais, fundou o Conselho Comunitário de Cidade de Deus e participou da Fundação da Pastoral do Menor. Vendo a situação na sua comunidade e a preocupação das mães que precisavam trabalhar, em 1980 criou o Clube da Amizade, no qual trabalhou com adolescentes, resgatando, educando para o trabalho e ensinado valores religiosos. Depois disso, desenvolveu diversas iniciativas com crianças e adolescentes, atuando no reforço escolar e criando a creche comunitária “Nova Jerusalém”, sendo reconhecida e premiada pelo então “Troféu Bandeirantes”.

Foi a primeira mulher presidente de uma Associação de Moradores no Estado do Rio de Janeiro, fez cursos de formação política, formação de liderança e políticas públicas e sociais pelo Centro de Estudo e Ação Comunitária e curso de Psicologia na Adolescência pela Universidade Estácio de Sá.

Em 1986, junto de um grupo de pessoas que compartilhavam os mesmos objetivos, fundou a Entidade OSAMI e logo em seguida criou o grupo de produção “Cooperativa de Costureiras” com capacitação em artesanato e corte e costura (que funciona até os dias de hoje), tendo feito várias parcerias, entre elas o Conselho Estadual do Direitos da Mulher, sempre com o objetivo de desenvolver a promoção social da família através da qualificação profissional, orientação, esclarecimento, encaminhamento e geração de renda, dando oportunidade para os excluídos que, por algum motivo, não se qualificaram profissionalmente e têm como ocupação subempregos vivendo assim descriminados e desrespeitados à margem da sociedade.

Em 2001, participou do evento “Recorrido por Zonas Precárias” (com a costura social) em Valença, na Espanha, com palestras e oficinas divulgando o trabalho que desenvolve  no Rio de Janeiro com oficinas de geração de renda usando material reciclado, mas que aborda também outros assuntos que estimulem a promoção social do indivíduo e da família. De 1992 a 2010, participou da Ação da Cidadania contra Miséria e pela Vida, com distribuição de roupas, alimentos e livros para famílias desfavorecidas na Cidade de Deus.

Teresinha conheceu Iniciativas de Mudança no final dos anos 1980, em um Encontro de Comunitários organizado pelo Sr. Luiz Pereira de Araújo no Sítio São Luiz, em Petrópolis, RJ, Brasil. Imediatamente, aderiu à ideia e adotou em sua vida os 4 princípios morais absolutos: honestidade, pureza, amor e altruísmo, e os usou como ferramenta importante na criação de seus filhos, que aderiram à esta filosofia de vida. Toda a família sempre participou das atividades de IdeM, e ela sempre dizia que, com a ajuda de IdeM, ninguém de sua família foi recrutado pelo tráfico, ninguém se envolveu com a marginalidade própria de áreas carentes, contando sempre com a ajuda dos grandes amigos dentro deste movimento.

De vários Encontros das Américas (promovido pelas organizações de IdeM de diferentes países) à 3 edições de conferências internacionais em Caux, na Suíça, ganhou inspiração para realizar, desde 1999, os Encontros de Mulheres e Famílias com regularidade anual no Sítio São Luiz.

Recentemente, teve condições de enviar 3 educadores que atuam na instituição que fundou para participar do Treinamento Intensivo de Educadores com o Movimento Gente que Avança, no Uruguai e na Argentina.

Lutadora incansável, enquanto teve condições, trabalhou nessas várias atuações diariamente, até o final de 2016, quando adoeceu e, em 20 de março de 2017, faleceu deixando seu legado de trabalho para a continuidade daqueles que com ela aprenderam.

Sempre tivemos alegria em ouvir o depoimento de pessoas que tiveram a vida transformada através de seu trabalho social. Em todas as suas atividades comunitárias e em IdeM, sempre envolveu seus filhos, netos, genros, nora, irmãos e sobrinhos, além de vizinhos, amigos. Dentro de sua religiosidade, sempre acreditou que sua grande fé em Deus lhe ajudou a enfrentar todos os desafios que a vida lhe trouxe, dizendo sempre: por ser humana, eu não posso ser 100%, mas procuro ser o melhor que posso, procurando melhorar a cada dia.

Por Leonicia Justo de Jesus, filha de Teresinha