Sala Global de Notícias

Imam Oumar Gomi and Pastor Nicolas Guerekoyame Gbangou

Lançamento de O Imame e o Pastor na República Centro-Africana

domingo, 11. Fevereiro 2018

Por Gervais Lakosso e Alan Channer

Uma cerimônia para marcar o lançamento do filme de Iniciativas de Mudança [1] O Imame e o Pastor [2], em Sängö, a língua nacional da República Centro-Africana (RCA), aconteceu em 13 de janeiro de 2018.

A RCA mergulhou em turbulência em 2013, quando rebeldes muçulmanos do grupo armado Seleka tomaram o poder no país de maioria cristã. Um bando de milicianos, de maioria cristã, chamado de anti-balaka, levantou-se para combater o Seleka. Seleka entregou o poder a um governo de transição em 2014, mas a violência continua e a RCA continua instável. 2,3 milhões de pessoas – metade da população – precisam de assistência humanitária devido ao conflito. 1

Destruction after communal clashes - Photo by UNICEF

Destruição após confrontos comunitários - Fotografia por UNICEF

O lançamento de O Imame e o Pastor na língua Sängö é o primeiro passo de um plano para usar o filme como uma ferramenta para a paz e a reconciliação em todo o país.

O documentário, feito por Pelo Amor do Amanhã Filmes, de IdeM, retrata a notável jornada da vingança ao perdão dos pacificadores nigerianos, o Imame Muhammad Ashafa e o Pastor James Wuye. Você pode assistir ao filme premiado, em inglês, aqui:

Gervais Lakosso, diretor do “Cercle de Recherche et d'Education par les Arts”, ficou impressionado com a relevância do filme em uma reunião de construção da paz apoiada pelo governo suíço, em Caux, na Suíça, em 2015. Com o apoio da ONG francesa Terre Solidaire e em parceria com o produtor do filme, Dr. Alan Channer, Lakosso completou uma versão em Sängö em 2017.

O lançamento contou com a presença do Presidente da Comunidade Islâmica da República Centro-Africana, Imame Kobine Layama, e do Presidente da Aliança Evangélica da RCA, o Pastor Nicolas Guerekoyame Gbangou. O Imame Oumar Gomi, da mesquita central de Bangui, pastores protestantes e padres católicos também estiveram presentes.

O Ministério de Artes e Cultura, Ministério da Juventude, Alto Conselho de Comunicação, Alta Autoridade da Boa Governança, Conselho Nacional de Mediação, Rede de ONGs para a Defesa dos Direitos Humanos, Plataforma G23 de Participação Política da Mulher, Conselho Nacional da Juventude, Escola Nacional das Artes e a Rede de Jornalistas pelos Direitos Humanos, todos estiveram presentes.

50 cópias do DVD foram distribuídas no lançamento.

Gervais Lakosso is interviewed after the launch

Gervais Lakosso é entrevistado após o lançamento

 “A magia das artes pode abrir o coração e escrever sobre ele mensagens duradouras que proporcionam uma nova compreensão e uma nova visão da vida e, desse modo, tornam as pessoas atores de mudança e de paz”, disse Lakosso. “O filme O Imame e o Pastor é um exemplo concreto. Relatando a história de dois homens de Deus que se odiavam e lutavam em milícias religiosas, mas que acabaram se reconciliando e depois reconciliando suas comunidades, este filme é uma ferramenta para o desarmamento do coração e da mente.”

 “Vamos replicar o filme, enviá-lo por todo o país e acompanhá-lo com um programa de treinamento em coexistência pacífica inter-religiosa e o papel da mídia na construção da paz, que será liderado pelo imame, o pastor e o produtor do filme, a fim de iniciar um processo para o fortalecimento sustentável de paz na República Centro-Africana.”

1  http://www.unocha.org/car

Tradução por Paulo Zanol