Notícias

CoP in Nepal 2017 _ header

Treinamento de facilitadoras em Katmandu possibilita a disseminação de Criadoras de Círculos de Paz em todo o Nepal

terça-feira, 25. Abril 2017

Em março deste ano, a treinadora de facilitadores de Criadoras de Círculos de Paz da Austrália, Shoshana Faire, foi convidada de volta ao Nepal para treinar mais facilitadoras, atendendo aos pedidos de realização de Círculos de Paz em diversas organizações no país. Este relatório foi preparado pelas anfitriãs Neichu Mayer e Meena Sharma.

Shoshana Faire. Creators of Peace in Nepal, March 2017

Criadoras de Paz foi introduzido no Nepal no ano de 2011, por meio do convite de uma organização que liderou o trabalho de construção da paz no Nepal, Search for Common Ground (SFCG). Duas mulheres Criadoras de Paz de Sydney – Susanne Rix e Shoshana Faire, vieram a Katmandu e facilitaram um Círculo de Criadoras de Paz na SFCG para mulheres líderes de várias organizações, e também conduziram um treinamento curto de facilitadoras para algumas das participantes. Desde então, a equipe vem usando Círculo de Criadoras de Paz como uma ferramenta efetiva de construção da paz para envolver os corações e as mentes das líderes comunitárias e das partes interessadas em todo o país. Além de vários Círculos de Paz nas comunidades, a SFCG também facilitou com êxito um Círculo de Paz com mulheres parlamentares e líderes políticas, através de um programa residencial em um dos seus belos resorts no interior.

Em 2015, quando Jean Brown chegou a Katmandu para visitar Neichu Mayer, que se mudou para o Nepal na missão diplomática do marido, a equipe que participou do Círculo de Paz em 2011 e outras mulheres líderes foram convidadas para uma reunião informal com Jean, em que uma amostra do Círculo de Paz foi apresentada. Desde então, a equipe se reuniu regularmente na casa de Neichu e formou um grupo de apoio para incentivar umas às outras e promover o papel crítico das mulheres no trabalho de construção da paz.

Meena Sharma, Gerente de Programa Search for Common Ground, tem aplicado ativamente as ferramentas de Círculo de Paz no Nepal com sobreviventes de conflitos de diferentes regiões do Nepal. Em 2016, participou da conferência Vivendo a Paz, em Caux, juntamente com Neichu e Jini Agarwal, ex-acadêmica de Caux, que fazia parte da equipe de comunicação de Vivendo a Paz.

No início de 2017, Meena e Neichu realizaram um Círculo de Paz com 14 mulheres representando vários setores de desenvolvimento, como educação, saúde mental, mídia, mulheres e empoderamento de jovens, desenvolvimento comunitário e construção da paz. Durante o Círculo de Paz de três dias, o grupo abordou todos os dez Pontos de Encontro e explorou questões de preocupações comuns, destacando-se os conflitos entre pessoas que residem nas colinas e planícies (Pahad e Terai) do Nepal, que tem sido uma das principais causas de violência nos últimos anos; conflitos em torno de normas e valores relacionados à menstruação, por exemplo, como a prática hindu comum de isolar as mulheres durante o período menstrual; obrigações sociais das mulheres, especialmente a obrigação de cuidar dos sogros; crise de identidade de diferentes grupos étnicos; o preconceito social de gênero contra meninas e baseado em violência.

Creators of Peace in Nepal, March 2017

"Como facilitadora de desenvolvimento comunitário ativo, estou envolvida em muitas oficinas e treinamentos, então, quando me inscrevi para esta, pensei que seria apenas uma experiência de oficina regular", disse uma das participantes no final do primeiro dia. No terceiro dia, essa mesma pessoa concluiu que "este Círculo de Paz me fez ir tão profundamente e honestamente em mim mesma como nunca antes e alargou meu coração e minha mente muito amplamente para com todos vocês e tudo ao meu redor, com profundo amor e respeito. Eu me sinto uma nova pessoa".

Uma das participantes disse: "Nós, mulheres, temos tanta responsabilidade social em relação aos nossos parentes, que drena muita energia. A sociedade nos ensina a agradar a todos em primeiro lugar e não fala sobre os conceitos de auto-amor e autocuidado. Essa experiência com Círculo de Paz nos ajudou a abraçar nossas próprias necessidades e a cuidar de nossos sentimentos para que possamos alcançar melhor o amor".

Outra participante disse: "Sentia meus avós e os idosos em casa amando seus netos do sexo masculino mais do que a nós, as netas. Isso me fez querer provar a todos que eu mereço ser amada também e que sou capaz de fazer tudo o que os membros masculinos da família podem fazer. Pela primeira vez em minha vida, senti que preciso perdoar meus avós pela amargura em meu coração contra a sua parcialidade".

Todos observaram que ter tempo para reflexões profundas e tempo de silêncio juntas era uma experiência muito única e revigorante.

Um mês depois, Shoshana Faire, Coordenadora Internacional de Círculos de Paz e Treinadora em Facilitação, realizou Treinamentos de Facilitadores de Círculos de Paz de 15 a 17 de março de 2017 para 12 mulheres líderes selecionadas que aspiram a facilitar Círculos de Paz em seus trabalhos como construtoras de paz, professoras, empresárias sociais, defensoras da saúde mental e assistentes sociais. O treinamento foi extremamente participativo, com muitas oportunidades para praticar e demonstrar as habilidades, e aprendendo a "arte de fazer as perguntas condutoras". As participantes foram extremamente inspiradas e motivadas pelo potencial de co-facilitação, e apreciaram muito o trabalho com suas co-facilitadoras. As habilidades de Shoshana de "dançar livremente, ir com o fluxo" ao invés de "aderir a uma agenda fixa" foi uma ótima ferramenta de aprendizagem para a equipe. Cada dia houve uma sessão sobre "e se..., momentos", em que as participantes puderam fazer perguntas sobre os momentos em que estão travadas. Essas sessões proporcionaram uma oportunidade para todas compartilharem e aprenderem umas com as outras.

Creators of Peace in Nepal, March 2017

"Já posso sentir a mudança em meu processo de pensamento e reação. Meu nível de compreensão e aceitação aumentou significativamente nos últimos três dias. Este é um dos melhores treinamentos em que eu já estive", disse uma das participantes.              

A equipe decidiu trabalhar junta em todas as prioridades e focos do projeto. Aquelas que representam o setor educacional concordaram em trabalhar juntas para introduzir Círculos de Paz para as professoras e depois para os alunos e até para os pais, chegando assim às comunidades no Nepal. Uma participante que trabalha para uma organização pioneira contra o tráfico humano planeja organizar um Círculo de Paz entre os funcionários da organização, para que eles possam ajudar e apoiar melhor os sobreviventes do tráfico. Ela convidará as outras facilitadoras a co-facilitar com ela.

A equipe também decidiu trabalhar em conjunto para conduzir Círculos de Paz em áreas do Nepal onde o conflito está se formando devido à distribuição injusta de representação no governo. Já há planos para traduzir para o nepalês o manual do facilitador de Criadoras de Círculos de Paz. Isso será possível graças a um presente financeiro recebido de uma mulher australiana de Criadoras de Paz.

Além de conduzir o treinamento para as facilitadoras, Shoshana também liderou uma sessão sobre "Construindo sua Comunidade de Círculo de Paz" com um grupo maior de participantes. Também realizamos uma noite sobre Criadoras de Paz com algumas das principais ativistas e líderes que foram hospedadas na casa de Neichu. Essas mulheres líderes que vieram são partes interessadas importantes para as facilitadoras recém treinadas e foi maravilhoso ver o quão bem perceberam o potencial de Criadoras de Círculo de Paz e concordaram em colaborar nos futuros esforços para a construção da paz no Nepal. Como resultado imediato desta noite, o Departamento de Estudos de Conflito, Paz e Desenvolvimento da universidade mais antiga e prestigiada do Nepal, a Universidade Tribhuvan, convidou a equipe a apresentar Círculo de Paz para seus alunos de pós-graduação. Isso resultou em um pedido de um grupo de 9 desses estudantes de pós-graduação em construção de paz que estão ansiosos para experimentar um Círculo de Paz. Outra amostra do Círculo foi realizada dentro de um programa educacional sobre Não Violência.

Creators of Peace in Nepal, March 2017

A equipe no Nepal está agora se preparando para fazer uma sessão em 'Contando uma Nova História' e está entusiasmada em fazer parte de uma nova narrativa baseada na aspiração compartilhada em direção a um futuro transformador.

A equipe de Criadoras de Paz do Nepal é formalmente parte de uma rede global de mulheres que cria a paz no mundo e está empenhada em tomar o seu lugar legítimo para liderar, a partir de onde elas estiverem.

Fotos de Shoshana Faire

Tradução por Paulo Zanol